08000123737   19981004714

Troca de rede de água avança no Jardim São Paulo e São Vito

As obras do Programa “Água na Torneira” seguem avançando no município. O Departamento de Água e Esgoto de Americana (DAE) informou que os trabalhos já foram concluídos em aproximadamente 28% do Jardim São Paulo e 22% do São Vito, que terão toda a rede de água trocada.

No Jardim São Paulo, os serviços estão concentrados na Rua dos Jacarandás. Neste bairro, a troca já foi realizada nas ruas: dos Salgueiros; dos Ipês; Pinheiros; das Poncianas; dos Jequitibás; das Figueiras (entre as ruas dos Ipês e dos Salgueiros); das Acácias (entre as ruas dos Ipês e dos Salgueiros); dos Bambus (entre as ruas dos Ipês e dos Salgueiros); Travessa das Faveiras; Travessa dos Angicos; Rua dos Ipês (entre a Avenida de Cillo e a Rua dos Bambus); Rua dos Jacarandás (entre as ruas dos Bambus e Figueiras); e as travessas de interligação na Rua dos Salgueiros.

Já no São Vito, os trabalhos estão sendo concluídos na Rua João Bernestein e já foram realizados nas ruas: Henrique Armond; Sargento Décio Garcia; Vicente Caravieri; Ferrúcio Astorri; José Travaglia; Orozimbo Machado (entre as ruas João Bernestein e Francisco Garbo); Georges Moutran (entre as ruas João Bernestein e Francisco Garbo); Chucri Zogbi (entre as ruas João Bernestein e Francisco Garbo); e Arthur Worschec (entre as ruas João Bernestein e Francisco Garbo).

O programa “Água na Torneira” foi lançado pelo prefeito Chico Sardelli, em 2021, com o objetivo de promover uma troca contínua e a modernização da rede de abastecimento na cidade, com remodelações preventivas para a melhora na qualidade da prestação do serviço à população. Até o momento, já foram trocados trechos de mais de 25 bairros de Americana.

 

De acordo com o DAE, a troca de rede completa dos dois bairros totaliza um investimento de quase R$10 milhões, sendo R$3.886.359,08 no Jardim São Paulo, com a troca de quase 15km de rede de água, e R$5.925.327,77 no São Vito, onde serão trocados pouco mais de 19km de rede. Os recursos são provenientes de convênio firmado com a Caixa Econômica Federal, por meio do Finisa (Financiamento à Infraestrutura e ao Saneamento).

 

Texto: Crislaine Fernandes (MTB 56.661)

Fotos: Susy Coutinho

0 Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.